DEMOCRACIA “DE FAZ DE CONTAS“?

20070124_sejm_sala_plenarna

Ouve-se e dificilmente se acredita.

Diz-se que as eleições legislativas foram para escolher um primeiro-ministro e não os deputados que representarão os diversos partidos políticos … Alguém deverá mandá-los ler os livros que ainda não leram!

É assim que o partido que teve mais votos espera que o seu líder seja nomeado primeiro-ministro.

Quanto à Assembleia da República e aos deputados que lá, em nome do povo, aprovarão ou não o programa do novo governo e os orçamentos anuais, isso não interessa.

Como não interessarão as moções de rejeição do tal governo eventualmente aprovadas na Assembleia da República. E, consequentemente, a falência da propagandeada estabilidade.

Aguarda-se por isso que todos e, muito em especial, quem tem responsabilidades políticas seja capaz de “ler” os resultados das recentes eleições legislativas e os consequentes entendimentos entre os diversos partidos, em termos de podermos ter um governo com maioria e estabilidade nos seus apoios na Assembleia da República.

De outra forma poderemos caminhar rumo a uma indesejada instabilidade até que novas eleições legislativas, convocadas por um novo Presidente da República, apresentem um novo quadro parlamentar.

Porque é aí que radica a nossa democracia, no parlamento!

Embora por vezes a ideia com que se fica seja a de que os deputados, com algumas excepções, só se sentem responsáveis perante os líderes dos respectivos partidos.

A ver vamos.

Lisboa,20 de outubro de 2015

L. Bettencourt Picanço

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s